Blog

  • Microsoft 365
  • /
  • Quais são tipos de backup e como saber qual é o melhor? 

Quais são tipos de backup e como saber qual é o melhor? 

Diferentes tipos de backup podem ser utilizados para situações distintas. Mas, afinal, qual é a diferença entre eles? Como saber qual é o melhor a ser utilizado?  

Antes de responder diretamente a essas dúvidas, vamos dar um passo atrás e entender o que é e qual a importância do backup.  

A palavra “backup” vem do inglês “back up”, que significa dar suporte, apoiar ou garantir algo. Na tradução do termo para o português, geralmente vemos a expressão “cópia de segurança”. Unindo esses dois significados, conseguimos captar a essência do que é e para que serve o backup: é a cópia de um arquivo, que tem como objetivo garantir a segurança do mesmo e evitar a perda de informações.  

Quando pensamos na quantidade de dados que circulam diariamente, e no tamanho exorbitante dos bancos de dados com os quais as empresas lidam hoje, fica claro que mantê-los seguros é uma questão de sobrevivência. Afinal, a perda de dados importantes é sinônimo de caos. 

Quais são os tipos de backup?

Agora que você já entendeu o que são os backups e por que eles são tão importantes, vamos falar mais sobre os tipos e os princípios básicos das cópias de segurança.  

Backup normal

O backup normal, também conhecido como full backup, backup completo ou total, é o formato mais conhecido. Nele, todos os arquivos selecionados são copiados de um local para outro, e cada um deles é marcado automaticamente com a indicação de que passou por uma operação de backup.  

Backup de cópia

Assim como o anterior, o backup de cópia também duplica todos os arquivos selecionados, copiando-os de um local para outro. Porém, nesse caso, os arquivos copiados não são marcados. Isso quer dizer que o sistema não terá a informação de quais arquivos já possuem a cópia de segurança. 

Backup incremental

No backup incremental, somente os arquivos que foram criados ou modificados desde o último backup normal é que são copiados. Ou seja, ele duplica apenas os arquivos cuja última versão ainda não passou pelo backup e, assim como o backup normal, também marca os arquivos copiados. 

Backup diferencial  

O Backup diferencial segue as mesmas diretrizes do backup incremental, copiando somente os arquivos criados ou modificados desde o último procedimento de backup. Porém, esse tipo de backup não marca os arquivos que já foram copiados, assim como ocorre no backup de cópias. 

Backup diário

Por fim, temos o backup diário. Esse tipo, como o próprio nome indica, copia todos os arquivos criados e/ou modificados na data atual, no mesmo dia em que ele é feito, e também não sinaliza os arquivos que passaram pelo backup. 

Princípios básicos do backup

Apesar das diferenças entre os tipos de backup comumente utilizados, vale ressaltar que todos eles têm alguns pontos em comum.  

O backup não é só uma duplicação de arquivos e, para ser eficiente e cumprir seu propósito, é necessário que ele atenda a alguns princípios e diretrizes. São eles: 

  • O backup deve ser feito em outra unidade, seja um hardware físico ou na nuvem; 
  • Deve ser efetuado de forma recorrente, na frequência apropriada e conforme as necessidades; 
  • Os dados devem ser armazenados localmente e externamente à organização;  
  • Deve ser feito o monitoramento de execução e recorrentes testes de recuperação; 
  • Devem ser definidas as políticas de backup: o que será armazenado, onde, quem terá acesso, qual será a periodicidade, dentre outros fatores que sejam relevantes para as demandas da empresa.  

Backup para bancos de dados

Como já dissemos, os dados estão por toda parte. Independentemente das ferramentas que a sua empresa utiliza, pode ter certeza de que uma enorme quantidade de informações invisíveis está constantemente em circulação. Por isso, soluções como o backup de SQL server são fundamentais. 

Agora que você já sabe quais são os tipos de backup e por que esse procedimento é tão importante, que tal conhecer melhor a solução para garantir a cibersegurança da sua empresa?  

Conheça o Acronis Cyber Protect, que oferece recursos avançados para as diversas ferramentas da suíte Microsoft 365! 

Compartilhe

Conteúdo relacionado

Zero Trust: a estratégia de segurança em TI que você precisa adotar

Você sente que seu ambiente interno de cloud está seguro pelos seus funcionários? As empresas costumam usar um modelo de …

blank

Como aumentar a produtividade de equipes e negócios 

Manter o foco e a produtividade pode ser um desafio para equipes que trabalham online. Conversas de bate-papo constantes e …

blank

Support marca presença no evento One Latam 2022 

De 6 a 9 de setembro, a Support marcou presença no One Latam 2022, o evento anual mais exclusivo promovido …

blank

Quais são tipos de backup e como saber qual é o melhor? 

Diferentes tipos de backup podem ser utilizados para situações distintas. Mas, afinal, qual é a diferença entre eles? Como saber …